Em jogo de grandes emoções, Brasil vence Itália no tie-break

Em jogo de grandes emoções, Brasil vence Itália no tie-break

Apesar de ter sofrido um apagão no primeiro set, as brasileiras conseguem superar o jovem time italiano

Brasil comemorando vitória contra ItáliaFoto: Divulgação/FIVB / Esporte News Mundo

Depois de levar uma virada surpreendente no primeiro set, Brasil se reencontrou no jogo e derrotou a Itália por 3 sets a 2 com parciais de 26-24, 20-25, 25-19, 25-21 e 10-15, em Bangkok na Tailândia. Com mudanças no time, esse jogo marcou a estreia da capitã Gabi na VNL 2023. Zé Roberto também optou por começar com Natinha e Rosamaria de titulares.

Um dos grandes diferenciais do jogo foi a eficiência do bloqueio italiano que durante grande parte do jogo foi superior. No entanto, com a recuperação emocional da seleção brasileira, o bloqueio voltou a funcionar e terminou 10 a 11 para a Itália. Gabi foi a maior pontuadora do jogo com 25 pontos sendo seguida por Rosamaria que marcou 21 vezes.

O JOGO

Tudo parecia tranquilo para o Brasil no primeiro set que aplicou uma vantagem de 20×12. Mas, uma rede de três que encalhou, resultou em nove pontos consecutivos para a Itália que, surpreendentemente, virou a parcial. Apesar da dificuldade brasileira, Zé Roberto demorou para mexer no time e optou por fazer uma troca simples de levantadora, Roberta entrou no lugar da Macrís e não saiu mais. Mesmo com a luta do Brasil no final da parcial, a Itália levou o set.

A falta do bloqueio brasileiro se manteve presente ainda na segunda parcial. O primeiro ponto nesse fundamento só foi acontecer na reta final com a ponteira Pri Daroit. Apesar de ter começado um pouco instável, Roberta mudou a característica do jogo e passou a distribuir bem as bolas para que as atacantes virassem. A efetividade de Gabi junto com um passe melhor e as centrais virando resultou no Brasil fechando o set e empatando o jogo.

Repetindo a dose do segundo set, Brasil não começou bem, mas estava conseguindo equilibrar o jogo. No entanto, as italianas se aproveitaram de um momento de instabilidade no passe e a dificuldade no side-out brasileiro e abriram uma vantagem confortável. Sem conseguir se reencontrar depois, Zé Roberto tentou rodar o time para tentar melhorar a situação. Diana, Bergmann e Lorrayna entraram nos lugares de Carol, Daroit e Rosamaria, respectivamente. Mesmo assim a Itália venceu e estava a um set da vitória.

Voltando com o time que tinha começado a parcial anterior, a virada de bola brasileira cresceu consideravelmente. Mesmo ainda sofrendo para marcar a ponteira Villani, responsável pela maioria dos pontos italianos, o Brasil começou a pontuar mais no bloqueio e forçar as atacantes da Itália a errarem. Com uma boa distribuição, a seleção fechou o set, empatou o jogo e forçou um tie-break.

O último set continuou com a emoção do jogo. Com segurança no ataque, Gabi e Rosamaria juntas foram responsáveis por oito pontos dessa parcial mais curta. Quando estava 13-10 para o Brasil, o jogo ficou paralisado por sete minutos para que o rodízio pudesse ser checado. No entanto, isso não atrapalhou o Brasil que logo depois marcou um ponto de bloqueio com a Roberta e um de ataque com a Gabi para fechar o jogo.

O Brasil volta a jogar quinta-feira, 29, contra a seleção do Canadá às 7h horário de Brasília. A partida vai ser transmitida pelo Sportv2 e comentada lance a lance pelo Esporte News Mundo.

Jogos online no Brasil 2023

10 melhores cassinos online classificados por jogos com real

How Crypto Gambling Casinos Retain Players?

Ler mais