Marcelo Toscano e Pablo Thomaz lideram a briga pela artilharia

Marcelo Toscano e Pablo Thomaz lideram a briga pela artilharia da Série D

Atacantes de Portuguesa (RJ) e Operário CEOV (MT), respectivamente, são a grande esperança de gols das equipes

Atacante da Portuguesa Marcelo Toscano é o artilheiro da Série D
Créditos: Nathan Diniz/Portuguesa

Em busca da classificação ao mata-mata da Série D, Portuguesa (RJ) e Operário CEOV (MT) contam com os artilheiros da competição para brigar pelo acesso. A Portuguesa da Ilha se reforçou com a chegada do atacante Marcelo Toscano, que lidera a estatística com oito gols, enquanto que o clube mato-grossense tem em Pablo Thomaz a grande esperança de gols - já marcou sete.

Do lado lusitano, Marcelo Toscano assinou com o clube depois de ter iniciado a temporada no Campeonato Paulista pelo Oeste. Aos 38 anos, ele é um dos grandes responsáveis pela campanha da equipe carioca, que ocupa a primeira colocação do Grupo A6, com 22 pontos.

Portuguesa lidera o grupo A6 da Série D e venceu todos os jogos no Estádio Luso-Brasileiro
Créditos: Nathan Diniz/Portuguesa

Sua rotina de gols teve início na 2ª rodada contra o Atlhetic, quando marcou o gol da vitória aos 46' do segundo tempo. Desde então, tornou-se peça chave do time comandado treinador Caio Couto e a idade não tem sido um empecilho para que Marcelo esteja a cada rodada entre os titulares.

"Eu falo que sou privilegiado. Nunca tive lesão grave e a minha recuperação é muito rápida. Estou com 38 anos e aturar os dois tempos não é para qualquer um. Então, a gente tem que se cuidar bem para manter a boa forma", disse.

Esta também é a primeira vez que Marcelo atua no Rio de Janeiro e decidiu morar a cinco minutos do estádio. A proximidade com a sede do clube lhe oferece momentos com os torcedores locais, que o abordam nas ruas da Ilha do Governador. Com quase duas décadas de carreira, Marcelo é um dos líderes da Portuguesa e procura passar sua experiência de 18 clubes, incluindo cinco no futebol estrangeiro, ao restante do elenco. 

"Essa é a minha primeira Série D. Já rodei bastante pelo mundo e eu tento trazer isso para dentro e fora de campo. A gente acaba conhecendo os atalhos e hoje eu estou podendo desfrutar um pouco dessa experiência", afirmou.

Portuguesa ainda não perdeu no Estádio Luso-Brasileiro na Série D
Créditos: Nathan Diniz/Portuguesa

No Estádio Luso-Brasileiro, a Portuguesa ostenta um retrospecto invicto, com cinco jogos e cinco vitórias. Mas, na próxima rodada, o desafio da Portuguesa da Ilha será contra o Santo André, fora de casa, no estádio Bruno José Daniel, às 15 horas, no sábado (24).

Atrás de Marcelo Toscano na busca pela artilharia está Pablo Thomaz, que está no início de sua trajetória no futebol. Aos 23 anos, também disputa a Série D pela primeira vez e despontou na disputa após o hat-trick marcado na goleada de 6 a 0 do Operário CEOV sobre o Interporto (TO).

"Nosso treinador, Gabardo Júnior, sempre fala que quem deixa o jogo fácil somos nós. Nós sabíamos que não seria fácil porque o Interporto tinha vencido o Brasiliense e empatado com o Anápolis. Mas nós conseguimos aproveitar as brechas que eles deixaram", comemorou.

Pablo Thomaz já marcou sete gols na Série D pelo Operário CEOV
Créditos: Acervo Pessoal

O Operário CEOV está na quarta posição do Grupo A5, com 15 pontos. Com 15 gols marcados, quase metade tiveram origem em Pablo, que já foi homenageado com um cântico entoado pelos torcedores do Chicote da Fronteira: "Uh, tá maneiro, o Pablo é artilheiro".

"A torcida está sempre no estádio, eles compraram a ideia. Independente do resultado, eles vão ao estádio. E é gratificante demais para mim e minha família escutar a música. Fico muito feliz com o reconhecimento do meu trabalho", celebrou.

Pela 10ª rodada da Série D, o Operário CEOV vai viajar para enfrentar o Iporá, no estádio Francisco Ferreira, às 15h30, no domingo (25). 

Gabardo Júnior é o treinador do Operário CEOV, que está em busca do acesso à Série C
Créditos: Francisco Alves/Operário

Marcelo Toscano e Pablo Thomaz valorizaram um possível prêmio pela artilharia da Série D, mas reforçaram que o acesso é o grande objetivo deles na temporada.

"Significaria muito. Fazer gol não é fácil e a Série D tem muitos jogadores de qualidades como o Marcelo. Mas a artilharia não é algo que estou buscando. Vim ajudar o Operário CEOV a conseguir o acesso e busco mais o acesso do que a artilharia", contou Pablo.

"Estou muito feliz aqui com essa boa fase e de ser artilheiro aos 38 anos de idade. Quero continuar assim e, se Deus quiser, concretizar com o acesso para fechar com chave de ouro", comemorou Marcelo.

KOREA LEGEND CLUB GANGNAM MADE MIX | DJ SURA

Taylor Swift anuncia datas da “The Eras Tour” no Brasil

What are the Liverpool player salaries in 2023?

Ler mais