Empates dominam 10ª rodada do Brasileirão Assaí

Empates dominam 10ª rodada do Brasileirão Assaí

Nas dez partidas no fim de semana, seis terminaram com igualdade no placar

Empates dominaram 10ª rodada do Brasileirão Assaí Créditos: Staff Images / Cruzeiro

A 10ª rodada do Brasileirão Assaí foi marcada pelos empates. Ao todo, foram seis partidas em que as equipes somaram um ponto. Em uma Série A mais competitiva a cada rodada, a vitória se torna ainda mais difícil de ser conquistada.

Os jogos começaram no sábado, dia que teve cinco confrontos. Quatro terminaram em empate, a começar pelo jogo sem gols entre Coritiba e Santos, no Couto Pereira.

Coritiba e Santos empataram em 0 a 0 no Couto Pereira Créditos: Divulgação/Coritiba

O Mineirão recebeu o jogo entre Atlético-MG e Red Bull Bragantino. Paulinho abriu o placar para os mandantes, que sofreram o empate de um velho conhecido: Eduardo Sasha marcou para o Massa Bruta. O atacante é campeão brasileiro, da Copa do Brasil e da Supercopa do Brasil pelo Galo.

Bahia e Cruzeiro fizeram jogo movimentado na Arena Fonte Nova e ficaram no 2 a 2. Com um golaço. Kayky abriu o marcador para o Esquadrão de Aço, que levou a virada antes do segundo tempo. Bruno Rodrigues e Wesley balançaram as redes para os mineiros. Mas a vantagem não se sustentou, quando, aos 20 minutos da etapa final, Arthur Sales garantiu um ponto para o time da casa.

Deyverson marcou o gol do Cuiabá no empate em 1 a 1 com o Corinthians Créditos: Divulgação/Cuiabá

O Corinthians saiu atrás diante do Cuiabá, na Neo Química Arena, com o gol de Deyverson, de cabeça, aos nove minutos do segundo tempo. Aos 35, os alvinegros empataram a partida com Ruan, que entrou em campo depois de três anos de inatividade, por lesões repetidas no joelho.

No último duelo do jogo, o Botafogo conquistou a primeira vitória do dia, sua décima no campeonato. Dessa vez o adversário foi o Fortaleza, no Nilton Santos. No primeiro tempo, o artilheiro do Brasileirão Assaí, Tiquinho Soares, com oito gols, chutou forte, no canto, sem chances para o goleiro João Ricardo. Na volta do intervalo, o camisa 9 perdeu um pênalti, mas aproveitou a falha da defesa do Fortaleza para marcar o segundo gol do Glorioso e definir o resultado. 

Botafogo conquistou a oitava vitória no Brasileirão Assaí diante do Fortaleza Créditos: Vitor Silva/Botafogo

O domingo começou com a igualdade em 2 a 2 entre América-MG e Athletico-PR. Vitor Roque inaugurou o placar aos nove minutos, e Christian, aos três da segunda etapa, ampliou para os paranaenses. Com a torcida no Mineirão, o Coelho se recuperou na partida e chegou ao empate com Wellington Paulista e Danilo Avelar. 

No Morumbi, o Palmeiras superou a pressão da torcida do São Paulo e venceu o Choque-Rei por 2 a 0, com dois gols bonitos. Gabriel Menino marcou de fora da área e Endrick, aproveitando falha de Arboleda, puxou o contra-ataque para garantir a vitória para o vice-líder, que está dois pontos atrás do Botafogo.

Endrick definiu a vitória do Palmeiras no Choque-ReiCréditos: Cesar Greco/Palmeiras 

O Internacional fez seus gols diante do Vasco em 15 minutos. Rômulo aproveitou escanteio para marcar seu primeiro gol com o Colorado, e Wanderson aumentou após receber passe de Luiz Adriano. O Vasco melhorou na partida e diminuiu com Rayan, de apenas 16 anos. Campeão Sul-Americano Sub-17 com o Brasil, o atacante se tornou o jogador mais jovem a marcar com a camisa do Cruzmaltino no Século XXI.

No Hailé Pinheiro, o Fluminense empatou com o Goiás em 2 a 2. Cano voltou a marcar depois de um jejum de sete partidas. O tricolor carioca sofreu o tento de Matheus Peixoto, de pênalti, antes do fim do primeiro tempo. Na segunda etapa, Lima marcou um golaço para o Flu, que voltou a sofrer o empate, dessa vez com Alesson, aos 40 minutos.

Bruno Henrique voltou a marcar pelo Flamengo após mais de um ano Créditos: Gilvan de Souza/CRF

Entre Flamengo e Grêmio, o placar de 3 a 0 não traduz a história da partida no Maracanã. Cebolinha marcou contra seu ex-clube e também superou um jejum de 12 jogos sem balançar as redes. Após o intervalo, Pedro tirou proveito do erro de passe e chutou rasteiro para ampliar para o Rubro-Negro. No fim da partida, após passar dez meses parado e ficar mais de 400 dias sem marcar, Bruno Henrique definiu o resultado, de cabeça, e se emocionou com o gol. Apesar da diferença de três gols, o Grêmio teve muitas chances de gol e acertou duas bolas na trave.  

Sada Cruzeiro vence Farma Conde e garante vaga na decisão da

Lara Nobre é cortada da seleção feminina de vôlei

Top Crypto Slot Games to Play with Bitcoin in 2023

Ler mais