River depende das próprias forças para ir às oitavas da

Fluminense perde, e River depende das próprias forças para ir às oitavas da Libertadores

Com o resultado, os tricolores seguem com nove pontos no Grupo D. Já os argentinos chegaram a sete e mantêm a chance de avançar

Fluminense enfrenta o River Plate de olho em vaga nas oitavas da LibertadoresFoto: Agustin Marcarian/Reuters / Reuters

O Fluminense não conseguiu a classificação antecipada na Libertadores. Nesta quarta-feira, a equipe comandada por Fernando Diniz perdeu por 2 a 0 para o River Plate-ARG, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, na Argentina. Os gols do River aconteceram no segundo tempo, com Beltrán e Barco.

Com o resultado, os tricolores seguem com nove pontos no Grupo D. Já os argentinos chegaram a sete e mantêm a chance de avançar na competição.

Na última rodada, o Fluminense recebe o Sporting Cristal-PER, no Maracanã, no dia 27 de junho, às 21 horas (de Brasília). Já o River Plate encara o The Strongest-BOL, no Monumental de Ñunez. Antes, o Flu disputa a 10ª rodada do Brasileiro diante do Goiás neste domingo, às 18h30, fora de casa.

O jogo

O River Plate começou pressionando e chegou a balançar a rede aos três minutos, com Solari. No entanto, o gol foi anulado por impedimento do argentino. Os donos da casa voltaram a assustar em seguida, em chute de Nacho Fernández.

Contudo, o Fluminense respondeu com Samuel Xavier, que parou em Armani. O River Plate voltou a assustar com De La Cruz, que finalizou sobre o travessão. Mais uma vez, os tricolores não se intimidaram e tiveram boa chance com Lima.

O River Plate continuou com a pressão em busca do gol. Os argentinos assustaram em falta de Aliendro e cabeceio de Beltrán. Já o Fluminense quase marcou com Ganso e Arias.

Na parte final, os argentinos tiveram a melhor chance, em mais um cabeceio de Beltrán. Fábio fez a defesa e Nino apareceu para salvar os cariocas. Assim, o confronto seguiu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o River Plate continuou com a pressão e quase marcou com Solari. Aos quatro minutos, os argentinos chegaram ao gol, com Beltrán. O atacante aproveitou cruzamento e finalizou sem chance para Fábio.

O revés foi sentido pelos cariocas, que viram o River Plate seguir com a postura ofensiva. O Fluminense só foi chegar com perigo aos 15 minutos, em chute de Lima. Depois, Cano cabeceou para boa defesa de Armani.

Na parte final, o Fluminense esboçou uma pressão em busca do empate. Os tricolores chegaram a assustar em alguns cruzamentos, mas viram o River Plate sacramentar a vitória nos acréscimos, com Barco, de pênalti.

Sada Cruzeiro vence Farma Conde e garante vaga na decisão da

Lara Nobre é cortada da seleção feminina de vôlei

Top Crypto Slot Games to Play with Bitcoin in 2023

FICHA TÉCNICA

RIVER PLATE-ARG 2 X 0 FLUMINENSE-BRA

Local: Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires (Argentina)

Data: 7 de junho de 2023 (quarta-feira)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Assistentes: Wilmar Navarro (COL) e Dionisio Ruiz (COL)

VAR: David Rodríguez (Colômbia)

Cartões amarelos: De La Cruz e Paradela (River Plate); Martinelli, Barco e Cano (Fluminense)

GOLS

RIVER PLATE: Beltrán (aos 4 minutos do 2°T) e Barco (aos 51 minutos do 2°T)

RIVER PLATE: Franco Armani, Andres Herrera (Díaz), Robert Rojas, Gonzalo Pirez e Milton Casco; Rodrigo Aliendro, Diego de la Cruz (Palavecino), Nacho Fernández (Kranevitter) e Pablo Solari (Paradela); Lucas Beltrán (Borja) e Esequiel Barco

Técnico: Martín Demichelis

FLUMINENSE: Fábio, Samuel Xavier (John Kennedy), Nino, Felipe Melo e Guga (Gabriel Pirani); Martinelli (Lelê), André, Lima, Paulo Henrique Ganso e Jhon Arias; Germán Cano

Ler mais