Carol Solberg chega à marca de 200 eventos organizados pela FIVB

Na etapa da República Tcheca do Circuito Mundial, Carol Solberg chega à marca de 200 eventos organizados pela FIVB

Carol Solberg começa seu 200º evento organizado pela FIVB (Créditos: Volleyball World)

São mais de 20 anos de vôlei de praia. Títulos, medalhas e histórias. Na etapa Elite do Circuito Mundial, que começa na madrugada desta quarta-feira (31.5), em Ostrava (República Tcheca), Carol Solberg chega a seu 200º evento organizado pela Federação Internacional de Voleibol. Antes dela, apenas uma jogadora, a também brasileira Talita, havia alcançado a marca.

"É muito desafiador se manter forte, motivada. Quando estou nos torneios ou em um momento difícil, sempre lembro do quanto eu amo jogar. Realmente gosto muito de estar em quadra. Adoro todos os sentimentos: a alegria, o medo, a adrenalina... nunca é morno, é tudo muito intenso. Tenho realmente sorte por fazer o que eu gosto. É ótimo trabalhar com o que você ama e isso é motivação para correr atrás e sem sempre melhor", diz Carol, hoje parceira de Bárbara Seixas.

Mais da metade dos 200 eventos da contagem foram ao lado da irmã Maria Clara. As lembranças dos momentos em família, junto do irmão Pedro Solberg e da mãe, Isabel Salgado, são as maiores: "A vida me deu de presente ter dividido 13 anos com a Maria, e a chance de rodar o mundo com ela ainda muito novas. Eu e a Maria entramos muito cedo no Circuito Mundial. Minha mãe foi com a gente, o Pedro também jogava. As memórias mais incríveis são de nós todos dividindo o que envolve estar no Circuito Mundial. Não necessariamente o ganhar, o perder e as vitórias, mas a construção do dia a dia, a luta. Conseguir estar forte durante tanto tempo e se divertir! Faço o que gosto, faço com muita alegria. E dividir isso com a Maria, com a minha mãe e com o Pedro são as minhas maiores lembranças".

Antes de embarcar para a República Tcheca, a dupla Carol Solberg e Bárbara Seixas realizou um período de treinos no Centro de Treinamento da CBV, em Saquarema (RJ). Confira como foi:

Em Ostrava, elas disputam o qualifying, assim como Tainá/Vic, George/André, Vitor Felipe e Evandro/Arthur Lanci. Ana Patrícia/Duda, Ágatha/Rebecca e Pedro Solberg/Guto estreiam direto na fase de grupos. A etapa vale pontos para a corrida olímpica, que definirá as duplas brasileiras nos Jogos de Paris 2024.

Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2023 - Elite de Ostrava (República Tcheca)

Confira a programação do Qualyfing no horário de Brasília:

4h20 - Tainá/Vic x Paulikiene/Raupelyte (LTU)

6h - Helland-Hansen/Olimstad (NOR) x Carol Solberg/Bárbara Seixas

6h50 - Métral/Haussener (SUI) x Vitor Felipe/Renato

6h50 - George/André x Sepka/Semerad (CZE)

9h20 - Evans/Budinger (EUA) x Evandro/Arthur

01.06 (QUINTA-FEIRA) – Fase de grupos

02.06 (SEXTA-FEIRA) – Fase de grupos

03.06 (SÁBADO) – Oitavas e quartas de final

04.06 (DOMINGO) – Semifinais, disputas do Bronze e Finais

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

 

Jogos online no Brasil 2023

10 melhores cassinos online classificados por jogos com real

How Crypto Gambling Casinos Retain Players?

Ler mais