Brasil derrota República Dominicana e garante 2ª vitória na Liga

Brasil derrota República Dominicana e garante 2ª vitória na Liga das Nações

Ana Cristina é a melhor pontuadora da seleção de Zé Roberto Guimarães, que faz 3 sets a 1 contra as caribenhas

Na madrugada desse sábado, a seleção brasileira feminina de vôlei garantiu mais uma vitória na primeira semana da Liga das Nações em Nagoya, no Japão. Dessa vez derrotou a República Dominicana por 3 sets a 1, parciais de 27/25, 20/25, 25/21 e 27/25. A caribenha Gaila Gonzalez foi a maior pontuadora do jogo e melhor brasileira em quadra foi Ana Cristina, que marcou 16 vezes na partida. Zé Roberto Guimarães trouxe a oposta Lorrayna do banco para ajudar nas viradas de bola brasileiras.

Natinha VNL 2023Foto: Divulgação/FIVB / Estadão

"Foi uma vitória importante para o nosso grupo e fico feliz por ter ajudado. Temos que ir para cima dos adversários. Amanhã temos mais um jogo contra a Croácia e vamos em busca da terceira vitória para fecharmos bem essa primeira etapa", contou a jogadora, que entrou pela primeira vez em quadra na competição.

A partida foi muito equilibrado do início ao fim. As brasileiras começaram a partida na liderança do set, mas as adversárias não deixavam a vantagem ser grande. Ao final da primeira parcial, a República Dominicana encostou de vez, com excelentes lances de Yonkaira Peña, ponteira que atua pelo time brasileiro Minas. Mas Ana Cristina mostrou novamente que é peça fundamental no time de Zé Roberto Guimarães e explorou o bloquei para fechar o primeira set em 27/25.

No início da segunda parcial houve mais uma vez equilíbrio, com as duas equipes pontuando seguidamente. Com as irmãs Martinez em quadra, além da oposta Gaila Gonzalez, o Brasil viu as adversárias crescerem, o técnico do Brasil mexeu no time, colocando a oposta Lorrayna em quadra no lugar de Kisy. Mesmo com reação brasileira, a equipe caribenha fechou o set por 20/25.

A seleção brasileira voltou para o terceiro set utilizando mais os saques e bloqueios, mas a partida seguia com equilíbrio até os 18 pontos, onde nenhuma equipe abriu mais de dois pontos de vantagem. Foi aí que a equipe atual vice-campeã da competição mostrou força e as brasileiras fecharam o set em 25/21.

Na última parcial, o Brasil iniciou com gás e abriu seis pontos de vantagem, mas logo viu as adversárias voltarem a crescer e viraram o jogo. Ao final do set, mesmo com vantagem para o Brasil, as caribenhas conseguiram reverter de 23/22 para 23/24, mas com Ana Cristina e Lorrayna, o Brasil fechou o set em novo 27/25.

"Precisamos diminuir o número de erros de contra-ataques. O sistema defensivo e a agressividade no saque também podem ser melhores. Passamos por dificuldades principalmente no quarto set quando colocamos a República Dominicana no jogo. Abrimos e deixamos elas encostarem no placar. Foi importante termos segurado essa pressão para fechar o set e o jogo", analisou o técnico Zé Roberto Guimarães.

O Brasil entrou em quadra com Macris, Kisy, Ana Cristina, Julia Bergmann, Diana e Carol além da líbero Natinha. Entraram na partida Naiane, Lorrayna, Maiara Basso. O próximo compromisso da seleção brasileira é contra a Croácia, na madrugada deste domingo, às 0h40, horário de Brasília, contra a Croácia, para encerra a primeira semana de Liga das Nações.

Jogos online no Brasil 2023

10 melhores cassinos online classificados por jogos com real

How Crypto Gambling Casinos Retain Players?

Ler mais