10 museus imperdíveis ao redor do mundo para quem ama música

10 museus imperdíveis ao redor do mundo para quem ama música

São museus que contam histórias interessantes de estilos musicais, bandas, gravadoras e instrumentos.

No mundo, existem muitos museus dedicados à música, mas os Estados Unidos são campeões. Esses locais contam histórias sobre instrumentos musicais, gravadoras importantes, estilos musicais e até bandas famosas. Além disso, eles possuem acervos multimídia e históricos, sendo uma verdadeira viagem no tempo.

Foto: Pierre Jean Durieu / Shutterstock.com

Stax Museum, EUA

Fãs de soul vão gostar de conhecer este museu localizado na cidade de Memphis. A Stax foi uma grande gravadora que foi responsável por emplacar diversos hits no top 100 de R&B. Entre seus artistas estão: Staple Singers, Luther Ingram, Wilson Pickett, Albert King, Big Star, Jesse Jackson, Bill Cosby, Richard Pryor, the Rance Allen Group e Moms Mabley. O museu conta com um acervo de mais de 2 mil objetos pertencentes a essas lendas do soul e da gravadora. Há diversos espaços interessantes para visitar, como uma réplica do que era o estúdio antes, uma mostra de filmes e instrumentos, uma capela, exibições interativas e muito mais. É uma grande homenagem a esse gênero tão consagrado.

Foto: berm_teerawat / Shutterstock.com

The Beatles Story, Inglaterra

Localizado na cidade de Liverpool, na Inglaterra, o museu The Beatles Story armazena o maior arquivo de pertences da banda. São atrações que contam a história da banda desde seu início até a atualidade. São fotos raras dos integrantes, documentos que descrevem a influência de Elvis Presley, além de uma narração guia em áudio realizada pela irmã de John Lennon, Julia. Os fãs da banda vão pirar neste museu!

Foto: f11photo / Shutterstock.com

Rock And Roll Hall of Fame, EUA

Inaugurado em 1995, o Rock and Roll Hall of Fame é um famoso museu localizado na cidade de Cleveland que guarda uma memória preciosa do gênero musical. São 7 andares que contam histórias das bandas mais relevantes do rock, como B.B. King, The Beatles, The Who, Johnny Cash e muito mais. Além disso, o espaço ainda conta com exposições temporárias sobre discussões interessantes sobre a indústria da música, como, por exemplo, o impacto social e cultural de grandes festivais de música. É um destino obrigatório aos fãs de música!

Foto: David Tonelson / Shutterstock.com

Grammy Museum, EUA

Localizado em Los Angeles, o edifício de quatro andares em que se encontra o museu conta toda a história da maior premiação da indústria da música: o Grammy Awards. Por lá, o visitante irá conhecer as partes mais importantes dessa trajetória, além de saber um pouco mais sobre todos os artistas que mais se destacaram. O museu ainda conta com uma área especializada ao Grammy Latino que conta com roupas, fotos e discos de artistas brasileiros que já ganharam o prêmio – caso de Tom Jobim e Caetano Veloso.

Foto: James R. Martin / Shutterstock.com

Motown Museum, EUA

A Motown foi uma das gravadoras mais importantes do mundo. Fundada em 1959, ela tinha artistas como The Surpremes, The Four Tops, The Jackson 5, Stevie Wonder, Marvin Gaye, entre muitos outros. O museu foi inaugurado em 1985 e é um ponto turístico muito visitado em Detroit. Ele narra a história da gravadora através do acervo, que contém memorabilia dos artistas, estúdio completo, discos de ouro conquistados, partituras, entre muitos outros objetos. Se você é fã de música, vai se surpreender com a visita guiada pelos dois andares e com a história desta grande gravadora, que já foi tema de filme!

Foto: Checubus / Shutterstock.com

EMP Museum, EUA

O EMP Museum, localizado na cidade de Seattle, é dedicado à música popular e contemporânea, desde os primórdios do rock’n’roll até às canções mais recentes. O intuito é interagir com pessoas de idades diferentes através do acervo, exposições e programação. Em seu acervo fixo estão peças de artistas consagrados e peças que fizeram história na música, como a Galeria da Guitarra, além de exposições de Jimi Hendrix e Nirvana.

Foto: EQRoy / Shutterstock.com

Ragnarock, Dinamarca

Localizado na Dinamarca, na cidade de Roskilde, o museu Ragnarock é voltado ao rock. Inaugurado em 2016, é centrado na cultura popular e narra a história da música desde 1950 até os dias atuais. Contém um acervo fixo dividido em espaços interativos e multimídia, com temáticas como “quando a música viu a luz”, “dança”, “a música pode mudar o mundo?”, “músicas atuais”, “fanboys e fangirls”, entre outros. O local chama atenção por sua arquitetura em ouro cravejado e tapete vermelho na entrada. Lá, você irá se sentir a estrela do pedaço.

Imagem ilustrativa (Foto: Shutterstock)

The Phono Museum, França

O The Phono Museum quase fechou duas vezes, mas foi salvo através de um crowdfunding que ajudou a pagar as dívidas, reformar e contratar novos funcionários. Antes, funcionava através de trabalho voluntário e tinha como intuito mostrar a história da música gravada. O acervo possui 140 anos de história da gravação do som e 250 tocadores de som diferentes, desde seu invento até os mais recentes. Localiza-se em Paris e é um ponto turístico legal para quem gosta de história e invenções.

Foto: Paul R. Jones / Shutterstock.com

Musical Instrument Museum, EUA

O Musical Instrument Museum, localizado em Phoenix, no Arizona, é o maior acervo de instrumentos musicais do mundo: ao todo são 15 mil peças. São instrumentos de diversos países e épocas, e seu intuito é relacionar a invenção de instrumentos com seus países de origem. Os músicos vão amar conhecer o espaço interativo em que é possível tocar um instrumento musical.

Foto: EQRoy / Shutterstock.com

Cité De La Musique, França

Localizado em Paris e inaugurado em 1995, o Cité de la Musique é um dos principais locais dedicados à música no país. O local oferece concertos, shows e workshops, e possui uma exposição permanente de instrumentos musicais raros e históricos, datados do século XVII até a atualidade. O museu também oferece uma visita com audioguia que conduz o visitante pelos instrumentos, explicando sua fabricação, origem, uso e reprodução do som. Os mais estudiosos de música vão se apaixonar pelo acervo.

Ler mais