Brasil é bicampeão do Grand Prix de Futcegos

Brasil é bicampeão do Grand Prix de Futcegos

O Brasil enfrentou o Japão na final do Grand Prix de Futcegos e venceu por 2 a 0. Com isso, sagrou-se campeão pela segunda vez do torneio

Jogadores e comissão do Brasil levantando a taça de campeão do Grand Prix de Futcegos. Foto: CBDV

Na manhã deste sábado (27), o Brasil sagrou-se bicampeão do Grand Prix de Futcegos. Dessa forma, o título veio com a vitória da Seleção sobre o Japão por 2 a 0. Depois de vencer a primeira vez o Grand Prix em Puebla (MEX), em 2022, os brasileiros defenderam o título em casa, dentro do gramado sintético do Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo.

Anteriormente, o Brasil conquistou a vaga para a final ao derrotar a França na sexta-feira. Com isso, a seleção defenderia sua invencibilidade no torneio contra os japoneses. Veio de três triunfos e melhor campanha da primeira fase. Porém, diferentemente do jogo da primeira fase, quando o Brasil venceu por 3 a 0, a final teve um ar mais tenso e apresentou mais dificuldades para os brasileiros.

O jogo Brasil x Japão

O primeiro tempo manteve-se equilibrado e empatado até metade da etapa. Logo, Thiago Paraná estava com a bola pela direita e cruzou rasteiro. O artilheiro Nonato dominou de frente para a meta e chutou forte no canto esquerdo do goleiro japonês. Assim, a vantagem foi construída para praticamente o restante da partida, já que o placar ficou inalterado até os segundos finais.

O Brasil encontrou um um adversário que não estava lá apenas para se defender. Tanto que o goleiro Luan precisou fazer algumas defesas importantes ainda no primeiro tempo e no começo do segundo. A defesa brasileira terminou a competição com apenas um gol sofrido. Contudo o nervosismo e a possibilidade de um empate ficou até o final. Com uma arrancada de Thiago Paraná pelo meio, o segundo veio faltando seis segundos. O camisa 9 driblou o marcador e chutou rasteiro, perto da marca do pênalti, no canto esquerdo do goleiro oposto.

Para completar a festa, Nonato recebeu o troféu de artilheiro da competição, tendo anotado, com esse gol na final, sete vezes na competição. Os japoneses ficaram com a segunda colocação e a Argentina venceu a França por 1 a 0 na disputa do terceiro lugar.

Dogecoin ainda é a criptomoeda 'favorita' de Elon Musk

10 atrações turísticas brasileiras mais populares no Instagram

watchOS 10 traz melhorias para ciclistas e saúde mental

Ler mais